Informativo

JORNAL JAMAPARÁ EM FOCO - A VERDADE DOS FATOS A SERVIÇO DO POVO
Jornal Jamapará em Foco

O Jornal Jamapará em Foco foi fundado no dia 1º de maio de 2009 pelo Jornalista Luciano José Louredo (Douradão).
Apesar não ter formação superior, Douradão, como gosta de ser chamado, tem uma larga experiência em jornalismo, já tendo trabalhado como redator chefe do Jornal Comunicação da Rádio Cultura AM e Repórter da Rádio Juventude FM (ambas em Além Paraíba) passando flashes ao vivo diariamente.
Cobriu eventos importantes como a morte e o enterro da atriz Dercy Gonçalves; as tragédias de 2012 em Jamapará e Além Paraíba, onde também colaborou com diversas emissoras de Rádio e Televisão enviando informações, fotos e dando entrevistas, entre elas, a TV Rio Sul, afiliada da Rede Globo; cobriu centenas de graves acidentes automobilísticos nas rodovias que cortam a região; atuando também nas áreas criminal, política, cultural, esportiva e social.
Além disso, foi apresentador de programas de rádio no Rio de Janeiro nas emissoras: Rádio Roquete Pinto, Rádio Imprensa FM, Rádio Comunitária da Rocinha e outras.
Hoje em dia, o Jornal Jamapará em Foco, pertence à empresa Foco Publicidades, e tem como diretora geral a empresária Megg Anne da Costa de Moraes.
Luciano Douradão atua como gerente geral, sendo o responsável pelas áreas Jornalística, Administrativa, Financeira e Comercial.
Ética, respeito e credibilidade são as marcas desta empresa.
O povo precisa e quer saber sempre a verdade. Doa a quem doer.
→ Ainda que estoure uma guerra contra mim, Mesmo assim estarei confiante. Salmo 27:3b
Ano 2014

Luciano José Louredo (Douradão)Tels: Oi (32) 8814-8456 Tim (32) 9129-6166
Todos os créditos – Foco Publicidades - Jornal Jamapará em Foco

Seja bem vindo!!

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Vestígios Arqueológicos são encontrados em Sapucaia e Paraíba do Sul.

Vestígios das atividades do homem no passado podem ser encontrados na região Centro-Sul Fluminense, de acordo com levantamento do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A pesquisa aponta a existência de 10 sítios arqueológicos situados nos municípios de Paraíba do Sul e Sapucaia. São considerados sítios arqueológicos as jazidas de qualquer natureza, origem ou finalidade, que representem testemunhos da cultura dos paleoameríndios; os sítios nos quais se encontram vestígios positivos de ocupação pelos paleomeríndios; os sítios identificados como cemitérios, sepulturas ou locais de pouso prolongado ou de aldeamento "estações" e "cerâmicos”; e as inscrições rupestres ou locais e outros vestígios de atividade de paleoameríndios.

Em Sapucaia, o número de locais que guardam vestígios históricos é maior, são oito no total: Sítio das Duas Torres, Sítio da Taboa, Sítio Cachoeira Grande, Sítio Santo Antônio da Boa Esperança, Sítio Guarajuba, Sítio Paraíso, Sítio da Margem e Toca do Puri. Os sítios arqueológicos são tombados e protegidos por lei, sendo considerados bens patrimoniais da União. O objetivo é impedir que esses bens venham a ser destruídos ou descaracterizados. 



Reportagem: Luana Lazarini/EntreRios Jornal
Imagem meramente ilustrativa

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Projeto pretende incentivar criação de peixes ornamentais na Zona da Mata.

Incentivar a produção e a comercialização de peixes ornamentais e criar, entre outros benefícios, condições para a atração de novos negócios para a região da Zona da Mata. Esse é o objetivo do Projeto de Lei (PL) 4.165/13, do deputado Bráulio Braz (PTB), que teve parecer favorável de 1º turno aprovado pela Comissão de Política Agropecuária e Agroindustrial da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) na reunião do dia 10 de julho. O relator, deputado Romel Anízio (PP), opinou pela aprovação do projeto na forma do substitutivo nº 1 da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). O PL 4.165/13 agora segue para análise da Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária (FFO).

Segundo o autor da proposição, a criação do novo polo contribuirá para o desenvolvimento de toda Zona da Mata, gerando emprego e renda. O texto do substitutivo adequa a redação à técnica legislativa, além de acrescentar objetivos e atribuições do poder púbico.

Entre as metas do novo centro de criação constam a divulgação de tecnologias aplicáveis ao manejo dos peixes ornamentais; o incentivo a novos postos de trabalho contribuindo para ampliar a renda no meio rural dentro dos princípios do desenvolvimento sustentável; e o fortalecimento das estruturas geradoras de expertise de produção e mercado, tecnologia e prestação de serviços.

Para que os produtores possam cumprir esses objetivos, a administração pública dever promover, desenvolver e divulgar boas técnicas de manejo; destinar recursos específicos para a pesquisa, a assistência técnica e a extensão rural; contribuir para a assistência técnica aos produtores, com gratuidade a agricultura familiar; estimular o desenvolvimento de ações de capacitação profissional de técnicos, agricultores e trabalhadores; facilitar os trâmites tributários; implantar um sistema de informação de mercado, interligando entidades públicas, empresas, cooperativas e associações de produtores; criar linhas de crédito especiais e, por fim, contribuir para o desenvolvimento de parcerias para capacitação profissional.

O texto também estabelece que as ações relacionadas à implementação do polo deverão contar com a participação de representantes dos produtores e das entidades públicas e privadas ligadas à produção e à comercialização dos peixes ornamentais.

Reportagem: Assembleia de Minas


Legenda da Foto: Deputados analisam e votam matérias da comissão.


Crédito da Foto: Ricardo Barbosa

quarta-feira, 16 de julho de 2014

ACIAP estabelece horário para atendimento a MEI e anuncia novo curso.

A Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Além Paraíba informa que o atendimento ao Microempreendedor Individual, será feito, na sede da Associação, todas as terças e quintas, de uma às cinco e meia da tarde. O atendimento é limitado à abertura, cancelamento e alteração de empresa, declaração anual e emissão de boleto. 

A Associação aproveita para anunciar que está chegando em Além Paraíba a Escola Móvel SESI / SENAI – Um Programa do Sistema FIEMG, em parceria com a ACIAAP, trazendo o curso gratuito de Encanador Predial. As inscrições podem ser feitas no SESI, na Ilha Lazareto, das oito da manhã às cinco da tarde. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone: (32) 3462-4628. Não Perca! As vagas são limitadas!


Fonte: Carlos Roberto Banjo/Rádio Mix

Odete Loureiro adia lançamento de seu livro em Além Paraíba.

A Assistente Social Odete Loureiro deveria estar em Além Paraíba na próxima sexta-feira dia 19 para lançar seu livro “Adoção – Relatos de uma Assistente Social e Entrevistas com Mães e Pais Adotivos”. Entretanto, por motivo de saúde, a autora foi obrigada a adiar a noite de autógrafos pra uma nova data que será definida posteriormente. 

Odete Loureiro, mais conhecida como Detinha, trabalhou por muitos anos em Além Paraíba e foi responsável, entre tantas outras ações importantes, pela criação do Grupo Renascer da Terceira Idade ( junto com o saudoso Paulo Roberto Carvalho – o Xaxá) e do Comitê para a Democratização da Informática e Cidadania (com a participação da Professora Catarina Silva). Atualmente, Detinha trabalha no Tribunal de Justiça do Estado do Rio, e está lotada em Vassouras.

Fonte: Carlos Roberto Banjo/Rádio Mix
Imagem meramente ilustrativa

Inscrições para exploração do serviço de Transporte Escolar em Além Paraíba já começaram.

A Prefeitura de Além Paraíba divulgou em seu site edital que torna público para o conhecimento de quem possa interessar, que as inscrições para exploração do Serviço de Transporte Escolar começaram no dia 14 de julho, e vão até o dia até dia 25 de julho de 2014, das 12h às 16h, no Setor de Protocolo, localizado na Rua Heitor Mendes do Nascimento, nº 40. 

Foram disponibilizadas 30 vagas e o objetivo da inscrição é garantir o direito de concorrência em igualdade de condições. Os interessados em concorrer à permissão para prestação do Serviço de Transporte Escolar deverão atender as condições relacionadas no edital. A seleção será feita com base em pontos, sendo nomeada Comissão composta por 03 (três) servidores municipais, para o julgamento dos critérios. Os requerentes serão classificados em ordem decrescente do número de pontos e obterão as vagas os 30 (trinta) requerentes que obtiverem maior pontuação.


Fonte: Carlos Roberto Banjo/Rádio Mix


SEBRAE/RJ divulga cachaça de Sapucaia.

Produtos e roteiros turísticos fluminenses estão sendo divulgados pelo Sebrae/RJ. Montada especialmente para a ocasião da Copa, no Parque da Bola, no Jockey Club, na Gávea, no Rio, a loja Mosaico Brasil faz a promoção de cachaças como a Menina do Rio, fabricada em Sapucaia. Com cem metros quadrados, o espaço do Sebrae/RJ tem a participação de 30 empresários que comercializam mais de 200 produtos diretamente para os turistas nacionais e estrangeiros. 

Também estão sendo divulgados os parques da Serra dos Órgãos, de Itatiaia e da Tijuca. O objetivo é contribuir para o desenvolvimento do turismo no estado e aquecer a economia local. 

A Mosaico Brasil foi criada para expandir os negócios dos empreendedores que participam da edição 2014 do catálogo “Rio Show de Bola”. A publicação reúne 93 empresas que desenvolveram 268 produtos de segmentos como roupas e acessórios, design e decoração, brindes, alimentos e bebidas, como a Menina do Rio. Tudo inspirado na Copa do Mundo. Além do Parque da Bola, lojas de hotéis, dos aeroportos Santos Dumont e Galeão, do Trem do Corcovado e do Forte de Copacabana, também no Rio, estão comercializando os produtos fluminenses reunidos pelo Sebrae/RJ. 

O Alambique São Fulgêncio, que fabrica a Cachaça Menina do Rio, fica localizado no Sítio Santa Catarina, na localidade de Vila Nossa Senhora de Aparecida, distrito de Sapucaia RJ. O endereço eletrônico é: http://www.cachacameninadorio.com.br



Reportagem: Folha Popular

Informações adicionais: Luciano Douradão

Fonte: SEBRAE-RJ


segunda-feira, 14 de julho de 2014

Demolição do Posto de Saúde da Vila Laroca começou hoje.

Começou hoje (14/07) a demolição do prédio do Posto de Saúde localizado na Rua 1º de Maio, no bairro Vila Laroca em Além Paraíba. O Coordenador de Defesa Civil, Renato Mirando e a chefe do setor de limpeza urbana da Secretaria de Obras e Serviços, Mônica Silva Fernandes acompanharam de perto os trabalhos.

 O local funcionou como Posto de Saúde por mais de 50 anos e foi desativado há aproximadamente 08 anos por problemas em sua estrutura. Segundo as informações, será construído no local uma unidade da Farmácia de Minas.

A demolição seria realizada no dia 09 de julho, mas, por motivos operacionais, foi adiada para a data de hoje.

Reportagem: Luciano José Louredo (Douradão)
Crédito das Fotos: Deyse Filgueiras





Policiais militares de Além Paraíba e Sapucaia apreendem 36 quilos de maconha com duas mulheres em Jamapará.




Policiais militares de Além Paraíba participaram da prisão de duas mulheres, de 18 e 41 anos, com 36 quilos de maconha, divididos em tabletes de 1 quilo, no interior de bolsas, em um ponto de apoio rodoviário em Jamapará, distrito de Sapucaia, no estado do Rio de Janeiro. A apreensão do material foi feita em uma ação conjunta com a PMERJ, dentro do princípio da Operação Divisa Integrada, realizada em áreas de divisa com outros estados. 

A prisão foi feita após denúncias recebidas pelo 190 de Além Paraíba na tarde desta segunda-feira, 14, de que duas pessoas vindas de São Paulo embarcariam com a droga em um ônibus da empresa Rio Doce, com destino ao interior do estado de Minas Gerais. De acordo com as suspeitas, a droga seria vendida em Aimorés. 



Fonte: Assessoria de Comunicação da 6ª Cia PM Ind.

Foto: 36 kg de maconha

Legenda da Foto: Policiais de Além Paraíba, as duas mulheres e os 36 quilos de maconha.

Créditos da Foto: Assessoria de Comunicação da 6ª Cia PM Ind.

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Sapucaia pode receber unidade do Procon.


A vereadora de Sapucaia Regina Alípio esteve no Rio de Janeiro e se reuniu com o secretário de Defesa do Consumidor, Woltair Simi Lopes, a fim de conseguir a instalação de uma unidade do Procon no município.

 A parlamentar acredita que a implantação do Procon será um grande passo. "O consumidor trabalha, faz esforço para comprar um determinado produto e ele vem com defeito e não tem um lugar próximo para reclamar e reivindicar. Os nossos consumidores merecem respeito", disse.

Fonte: Entre-Rios Jornal

sábado, 5 de julho de 2014

Secretaria de Educação de Além Paraíba realiza ações para educação inclusiva.


A Secretaria Municipal de Educação de Além Paraíba vem realizando diversas ações para a efetivação da Educação Inclusiva, reconhecendo que a escola é um espaço de aprendizagem que deve beneficiar a diversidade de todos os alunos que ali se encontram.  Entre as principais conquistas está o Programa de Estágio em Educação Especial realizado em parceria com a Escola Estadual São José e a UNOPAR, e que já concluiu a formação de oito estagiárias, as quais acompanharam a aprendizagem de alunos com Necessidades Educacionais Especiais nas escolas durante um semestre letivo.

 Além disso, três salas de Atendimento Educacional Especializado – AEE/ Salas de Recursos já estão funcionando em três escolas municipais: Jardim Paraíso, Prof. Fausto Gonzaga e Anna Mattos (Goiabal), oferecendo atendimento pedagógico especializado em Educação Especial.

Também se destaca a preparação de profissionais de apoio para atenção aos cuidados e acompanhamentos das tarefas dos alunos com deficiência nas salas de aula das escolas do município.

Os alunos também estão se beneficiando com o Projeto Dançarte nas escolas e com os Jogos Adaptados, que em outubro de 2014 terão sua segunda edição.    

No início do mês de junho, a Secretaria de Educação participou, juntamente com 95 municípios da região, do VIII Seminário de Educação Inclusiva oferecido pelo MEC em Juiz de Fora para a discussão de planejamentos e ações necessários ao processo de inclusão. Todas as ações só foram e são possíveis, pois há uma participação coletiva da gestão, professores, funcionários e familiares dos alunos com deficiência.


Reportagem: ASCOM PMAP/Renato Macharet